Livro completo "Chegou a Hora"

terça-feira, 27 de outubro de 2009

MUDANÇAS NO CRISTIANISMO AO LONGO DE SUA HISTÓRIA


MUDANÇAS EFETUADAS PELA IGREJA CRISTÃ AO LONGO DE SUA HISTÓRIA (POSTERIORMENTE CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA)


ANO - MUDANÇA DOUTRINÁRIA

197 - Começa um movimento herético, comandado pelo bispo de Roma, CONTRA A DIVINDADE DE JESUS.

217 - O Bispo Calixto ensina que o PAI E O FILHO SÃO UM ESPÍRITO INDIVISÍVEL.

300 (aproximado) - ORAÇÃO PELOS MORTOS

320 - VELAS – Começa-se a acender velas aos mortos, prática realizada pelos pagãos e trazida para a igreja.

321 - MUDANÇA DA LEI: do sábado para o domingo (Constantino estabelece a primeira lei dominical, decretando que todas as cortes de justiça, habitantes de cidades e oficinas repousassem no dia do sol - venerabili die solis.).

336 - O Concílio de Laodicéia oficializa dentro da igreja a transferência do sábado para o domingo.

375 - VENERAÇÃO DOS ANJOS E SANTOS FALECIDOS E O USO DE IMAGENS – Este foi um dos períodos mais negros da igreja, quando Basílio de Cesaréia e Gregório de Nazianzo introduzem o culto aos santos. Além disso, aparecem o incensário, paramentos e altares, mostrando já a forte influência dos pagãos que adentravam a igreja, sem uma experiência de conversão.

386 - Graciliano e Teodósio decretam que todos os litígios e negócios cessassem no domingo.

394 - A MISSA, como celebração diária

400 - ORAÇÃO PELOS MORTOS E O SINAL DA CRUZ FEITO NO AR

416 - O Papa Inocêncio I diz que o domingo deve ser o dia para o jejum, dando assim força para a guarda do domingo.

431 - COMEÇO DA EXALTAÇÃO A MARIA (O termo "Mãe de Deus" foi-lhe aplicado pela primeira vez pelo Concílio de Éfeso.)

440 - BISPO LEÃO I , foi o primeiro a sustentar sua autoridade sobre os demais. É considerado pelos historiadores como sendo o primeiro Papa, embora não fosse oficialmente..

500 - OS SACERDOTES COMEÇARAM A SE VESTIR DE MANEIRA DIFERENTE

526 - EXTREMA UNÇÃO – É estabelecida para perdoar os pecados do enfermo antes da morte.

538 - “No Concílio de Orleans, foi ordenado que todas as coisas, anteriormente, permitidas no domingo continuassem em vigor; mas que se abstivessem do trabalho com arado ou em vinhas, sega, ceifa, debulha, cultivo, cercagem a fim de que as pessoas pudessem freqüentar a igreja convenientemente.” A Igreja Católica na Profecia, 265.

590 - “O Papa Gregório em carta dirigida ao povo romano, qualificou como profetas do anticristo os que ensinassem que não devia trabalhar no sétimo dia.” A Igreja Católica na Profecia, 265.

593 - A DOUTRINA DO PURGATÓRIO (Estabelecida por Gregório I.)

600 - LATIM usado para orações e cultos (Imposto por Gregório I.)

600 (aproximadamente) - ORAÇÕES FEITAS A MARIA, santos mortos e anjos

607 - TÍTULO DE PAPA, ou bispo universal, dado a Bonifácio III pelo imperador Focas.

709 - BEIJAR OS PÉS DO PAPA (Começou com o papa Constantino.)

750 - PODER TEMPORAL DOS PAPAS, conferido por Pippin, rei dos francos.

758 - CONFISSÃO DE PECADOS AOS PADRES (Tem início a Confissão Auricular.)

786 - ADORAÇÃO DA CRUZ, IMAGENS E RELÍQUIAS (Decidido no Concílio de Nicéia.)

819 - “Pela primeira vez na história, encontra-se o registro da observância à festa da Assunção de Maria, isto é, a crença de que Maria tinha subido ao Céu em forma corpórea, assim como aconteceu com Jesus.” A Igreja Católica na Profecia, 266.

850 - ÁGUA BENTA (Misturada com uma pitada de sal e abençoada pelo sacerdote.)

880 - DECRETA-SE A PRÁTICA DE CANONIZAREM-SE OS SANTOS (Atribuindo-se a si, o Papa, esse direito.)

890 - ADORAÇÃO A SÃO JOSÉ

927 - COLÉGIO DOS CARDEAIS (Estabelecido em 927.)

965 - BATISMO DOS SINOS (Instituído pelo papa João XIII.)

995 - CANONIZAÇÃO DOS SANTOS MORTOS (Primeira vez pelo papa João XV.)

998 - JEJUM NAS SEXTAS-FEIRAS E DURANTE A QUARESMA – É ESTABELECIDO O DIA DE FINADOS (Os mortos seriam reverenciados neste dia.)

Século XI - A MISSA, gradualmente transformada em sacrifício com freqüência obrigatória.

1079 - CELIBATO DOS SACERDOTES (Decretado pelo papa Gregório VII. Os padres casados deveriam divorciar-se de suas esposas compulsoriamente.)

1090 - O ROSÁRIO, oração mecânica por meio de contas (Inventado por Pedro, o Eremita.)

1095 - O Papa estabeleceu as INDULGÊNCIAS PLENÁRIAS, quando o fiel através de pagamento de uma quantia estabelecida pelo Clero, teria o perdão de seus pecados, por um período pré-determinado.

1100 - O PAPA DECRETA QUE AS MISSAS PASSEM A SER PAGAS PELOS FIÉIS PARA QUE SEJAM OFICIADAS. INICIA-SE O CULTO AOS ANJOS.

1115 - CONFISSÃO AURICULAR É TRANSFORMADA EM ARTIGO DE FÉ.

1125 - SURGE A IDÉIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA.

1160 - REGRA DE FÉ COM OS SETE SACRAMENTOS É ESTABELECIDA PELO PAPA.

1184 - A INQUISIÇÃO - “Neste ano, foi decretado o estabelecimento do tribunal da Santa Inquisição pelo Concílio de Verona, realizado na Itália. Esta organização se encarregaria de perseguir e torturar com o objetivo de acabar com toda manifestação dissidente, ou seja, que discordava da Igreja.” A Igreja Católica na Profecia, 268.


1190 - VENDA DE INDULGÊNCIAS (Foram definitivamente regulamentadas.)

1200 - Introdução definitiva do USO DO ROSÁRIO (Por São Domingos, chefe supremo da “Santa Inquisição.)

1215 - TRANSUBSTANCIAÇÃO – “O papa Inocente III estabelece o dogma da transubstanciação e já é transformada em artigo de fé. Esta doutrina sustenta que, através da virtude da oração sacerdotal, o pão e o vinho, deixam de ser o que são, alteram sua própria natureza e se transformam no corpo e sangue de Cristo.” A Igreja Católica na Profecia, 268.

1215 - CONFISSÃO AURICULAR de pecados a um sacerdote e não a Deus.
(Instituída pelo Papa Inocente III, no Concílio de Latrão.)

1220 - ADORAÇÃO DA HÓSTIA (Decretada pelo papa Honório III.)

1229 - A BÍBLIA PROIBIDA AOS LEIGOS (A Bíblia é colocada no índex dos livros proibidos.)

1251 - O ESCAPULÁRIO (Inventado por Simão Stock, um monge inglês.)

1264 - Realiza-se pela primeira vez a FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS.

1303 - A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA é proclamada como sendo a única verdadeira, e somente nela o homem pode encontrar salvação.

1311 - É ordenada pela primeira vez a realização da PROCISSÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO.

1317 - O Papa João XXII ordena aos fiéis que seja feita a oração a Maria (“Ave Maria”).

1369 - Carlos V reforça a PROIBIÇÃO DA LEITURA DA BÍBLIA PARA AMBOS OS SEXOS.

1414 - O CÁLICE PROIBIDO AO POVO na comunhão, pelo Concílio de Constança.

1439 - PURGATÓRIO como dogma pelo Concílio de Florença.

1439 - OS SETE SACRAMENTOS confirmados como doutrina.

1508 - A AVE MARIA (Parte da metade final foi completada 50 anos mais tarde e aprovada pelo papa Sixto V no final do século 16.)

1515 - VENDA DE INDULGÊNCIAS – “Em 31 de março, o papa Leão X autoriza a venda de indulgência através da qual a pessoa é livre de passar pelo purgatório. Tetzel vende indulgências para pagar pecados passados, presentes e futuros e arrecada uma grande fortuna.” A Igreja Católica na Profecia, 269

1534 - A ORDEM DOS JESUÍTAS (Fundada por Loyola.)

1545 - A TRADIÇÃO DECLARADA DE AUTORIDADE IGUAL A DA BÍBLIA pelo Concílio de Trento.

1546 - LIVROS APÓCRIFOS acrescentados à Bíblia pelo Concílio de Trento.

1547 - OS SETE SACRAMENTOS É TRANSFORMADO EM LEI

1560 - O CREDO DO PAPA PIO IV (Imposto como o credo oficial.)

1562 - A MISSA É CONSIDERADA PROPICIATÓRIA, com poderes para perdoar pecados e confirma-se o CULTO AOS SANTOS.

1634 - CANONIZAÇÃO DE SANTOS (Estabelece-se o modo de proceder a canonização.)

1854 - A IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM MARIA (Proclamada pelo papa Pio IX, na sua bula Ineffabilis Deus, em 8 de dezembro.) “Este dogma sustenta que Maria, igual a Cristo foi concebida sem pecado no seio de sua mãe Joquebede e, por essa razão, Maria esteve livre do pecado original.” A Igreja Católica na Profecia, 270.

1864 - SUMÁRIO DOS ERROS (Proclamado pelo papa Pio IX e ratificado pelo Concílio do Vaticano; condenava a liberdade de religião, de consciência, de expressão, de imprensa e das descobertas científicas, que eram desaprovadas pela Igreja Romana; assegurava ao papa autoridade temporal sobre todos os governadores civis.)

1870 - INFABILIDADE DO PAPA EM QUESTÕES DE FÉ E MORAL (Proclamada pelo Concílio do Vaticano). “O papa nunca erra quando está no exercício de sua função.” A Igreja Católica na Profecia, 270.

1930 - ESCOLA PÚBLICAS CONDENADAS pelo papa Pio XI.

1950 - ASSUNÇÃO DA VIRGEM MARIA – “O dogma da Assunção de Maria é a crença de que ela foi transportada para o Céu sem ver a morte.” (proclamada pelo papa Pio XII) A Igreja Católica na Profecia, 270.

1965 - MARIA, PROCLAMADA MÃE DA IGREJA (pelo papa Pio XII)

1993 - “No dia 5 de outubro de 1993, o papa João Paulo II emite uma encíclica intitulada “Veritatis Splendor”, que é considerada pelos intelectuais católicos como o horror dos teólogos. Nesta encíclica o PAPA AFIRMA QUE NÃO É PERMITIDO TER DIVERGÊNCIA COM O PAPA EM MATÉRIA DE ÉTICA OU MORAL. Sendo assim, os teólogos que divergem do papa não devem ter o direito de ensinar e de publicar livros. E também que escolas e universidades e mesmo hospitais católicos devem perder este título (católico) caso apresentem divergência com a linha do Vaticano.” A Igreja Católica na Profecia, 270 e 271

1995 - “O papa João Paulo II emite outra encíclica intitulada “Ut unum sint” onde reafirma a proposta do Concílio Vaticano II sobre a REUNIFICAÇÃO DAS IGREJAS DISSIDENTES e que todos os esforços devem ser feitos no sentido de que estas igrejas aceitem a autoridade do papa como figura máxima do cristianismo.” A Igreja Católica na Profecia, 271.

1998 - “O papa João Paulo II firmou a bula “Incarnationis Mysterium”. De acordo com este documento, O MEMBRO PODE OBTER A INDULGÊNCIA PLENA (perdão dos pecados) NO PERÍODO DO ANO SANTO, pela qual seus pecados são redimidos, se seguirem algumas exigências. O Ano Santo é comemorado a cada 25 anos. A celebração do Ano Santo foi instituída por Bonifácio VIII, um papa ambicioso que governou a Igreja Católica entre 1294 e 1303.” A Igreja Católica na Profecia, 271.

1999 - “O papa João Paulo II contraria a ordem bíblica exarada nos Dez Mandamentos e emite uma encíclica de 40 páginas intitulada “Dies Domini”, sobre A IMPORTÂNCIA DE GUARDAR O DOMINGO. Reafirma neste documento que o dia estabelecido por Deus é o sábado, mas que a igreja achou conveniente mudar o dia de guarda e todos devem guardar o domingo e não o sábado.” A Igreja Católica na Profecia, 271 e 272.

2000 - Em setembro de 2000 o papa João Paulo II emite um documento intitulado “Dominiun Jesus”. “Este documento enfatiza que a Igreja Católica é a única igreja verdadeira e o único instrumento de salvação.” A Igreja Católica na Profecia, 272.
*Dados extraídos de uma lista elaborada pelo Dr. Sikberto Marks, dos livros “A Igreja Católica na Profecia” e “Segue-me”.