Livro completo "Chegou a Hora"

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Mudanças Efetuadas Pela Igreja Cristã* ao Longo de Sua História


Mudanças Efetuadas Pela Igreja Cristã* ao Longo de Sua História
(* Posteriormente Igreja Católica Apostólica Romana)
MUDANÇA OU CRENÇA ADOTADA
ANO
Começou um movimento herético, comandado pelo bispo de Roma, CONTRA A DIVINDADE DE JESUS. a
Sec. II
ORAÇÃO PELOS MORTOS b
Sec. III
MUDANÇA DA LEI: do sábado para o domingo (Constantino estabeleceu a primeira lei dominical, decretando, em 7 de março de 321, que todas as cortes de justiça, habitantes de cidades e oficinas repousassem no dia do sol - venerabili die solis). (http://en.wikipedia.org/wiki/Sol_Invictus, acessado em 25 de junho de 2014) Codex Justinianus, liv. 3, tit. 12 e 13; traduzido em PHILIP SCHAFF, D.D., History of the Christian Church (v. 7 da edição 1902), v. III, p.380.
321
O Concílio de Laodiceia oficializou dentro da igreja a transferência do sábado para o domingo (Canon 29). (http://en.wikipedia.org/wiki/Council_of_Laodicea, acessado em 25 de junho de 2014)
336
VENERAÇÃO DOS ANJOS E SANTOS FALECIDOS E O USO DE IMAGENS – Este foi um dos períodos mais negros da igreja, quando Basílio de Cesareia e Gregório de Nazianzo introduziram o culto aos santos. Além disso, apareceram o incensário, paramentos e altares, mostrando já a forte influência dos pagãos que adentravam a igreja, sem uma experiência de conversão. b
375
Foi implantada A MISSA, como celebração diária. b
394
ORAÇÃO PELOS MORTOS E O SINAL DA CRUZ FEITO NO AR. a
400
COMEÇO DA EXALTAÇÃO A MARIA (O termo "Mãe de Deus" foi-lhe aplicado pela primeira vez pelo Concílio de Éfeso.) b 
431
EXTREMA UNÇÃO – Foi estabelecida para perdoar os pecados do enfermo antes da morte. b
526
“No Concílio de Orleans, foi ordenado que todas as coisas, anteriormente, permitidas no domingo continuassem em vigor; mas que se abstivessem do trabalho com arado ou em vinhas, sega, ceifa, debulha, cultivo, cercagem a fim de que as pessoas pudessem frequentar a igreja convenientemente.” A Igreja Católica na Profecia, 265.
538
“O Papa Gregório, em carta dirigida ao povo romano, qualificou como profetas do anticristo os que ensinassem que não se devia trabalhar no sétimo dia.” A Igreja Católica na Profecia, 265.
590
A DOUTRINA DO PURGATÓRIO (Estabelecida por Gregório I.) b
593
LATIM usado para orações e cultos (Imposto por Gregório I.) a                                
600
ORAÇÕES FEITAS A MARIA, santos mortos e anjos. b
600 (aproximado)
TÍTULO DE PAPA, ou bispo universal, dado a Bonifácio III pelo imperador Focas. Começo histórico do papado. a
609
BEIJAR OS PÉS DO PAPA (Começou com o papa Constantino.). O “beija-pé” foi um símbolo de respeito e submissão ao papa. A cerimônia foi abolida pelo Papa Paulo VI nos anos 60. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Beija-pé_(protocolo_papal))
709
CONFISSÃO DE PECADOS AOS PADRES (Teve início oficialmente a Confissão Auricular no Concílio de Latrão.) b
1215
ADORAÇÃO DA CRUZ, IMAGENS E RELÍQUIAS (Decidido no Concílio de Niceia.) b
786
“Pela primeira vez na história, encontra-se o registro da observância à festa da Assunção de Maria, isto é, a crença de que Maria tinha subido ao Céu em forma corpórea, assim como aconteceu com Jesus.” A Igreja Católica na Profecia, 266.
819
DECRETOU-SE A PRÁTICA DE CANONIZAREM-SE OS SANTOS (Atribuindo-se a si, o Papa, esse direito.) De acordo com o site , a primeira canonização da qual existem documentos positivos foi a de Santo Udalricus, em 973.
973
JEJUM NAS SEXTAS-FEIRAS E DURANTE A QUARESMA – FOI ESTABELECIDO O DIA DE FINADOS (os mortos seriam reverenciados neste dia). a
998
CELIBATO DOS SACERDOTES (Decretado pelo papa Gregório VII. Os padres casados deveriam divorciar-se de suas esposas compulsoriamente.) http://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Gregório_VII
1073
O ROSÁRIO, oração mecânica por meio de contas (inventado por Pedro, o Eremita). b
1090
O Papa estabeleceu as INDULGÊNCIAS PLENÁRIAS, quando o fiel, com o pagamento de uma quantia estabelecida pelo clero, teria o perdão de seus pecados, por um período pré-determinado. a
1095
O PAPA DECRETOU QUE AS MISSAS PASSASSEM A SER PAGAS PELOS FIÉIS PARA QUE FOSSEM OFICIADAS. INICIOU-SE O CULTO AOS ANJOS. a
1100
CONFISSÃO AURICULAR FOI TRANSFORMADA EM ARTIGO DE FÉ. a
1115
SURGIU A IDEIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA.
1125
REGRA DE FÉ COM OS SETE SACRAMENTOS FOI ESTABELECIDA PELO PAPA.
1160
A INQUISIÇÃO -  “Neste ano, foi decretado o estabelecimento do tribunal da Santa Inquisição pelo Concílio de Verona, realizado na Itália. Essa organização se encarregaria de perseguir e torturar com o objetivo de acabar com toda manifestação dissidente, ou seja, que discordasse da Igreja.” A Igreja Católica na Profecia, 268.
1184
VENDA DE INDULGÊNCIAS (foram definitivamente regulamentadas).
1190
Introdução definitiva do USO DO ROSÁRIO (por São Domingos, chefe supremo da “Santa Inquisição).
1200
TRANSUBSTANCIAÇÃO“O papa Inocente III estabeleceu o dogma da transubstanciação e já foi transformada em artigo de fé. Essa doutrina sustenta que, pela virtude da oração sacerdotal, o pão e o vinho, deixam de ser o que são, alteram sua própria natureza e se transformam no corpo e sangue de Cristo.” A Igreja Católica na Profecia, 268.
1215
CONFISSÃO AURICULAR de pecados a um sacerdote e não a Deus.
(Instituída pelo Papa Inocente III, no Concílio de Latrão.)
1215
ADORAÇÃO DA HÓSTIA (decretada pelo papa Honório III).
1220
A BÍBLIA PROIBIDA AOS LEIGOS (a Bíblia é colocada no índex dos livros proibidos).
1229
O ESCAPULÁRIO (inventado por Simão Stock, um monge inglês).
1251
Realizou-se pela primeira vez a FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS.
1264
A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA foi proclamada como sendo a única verdadeira, e somente nela o homem pode encontrar salvação.
1303
Foi ordenada pela primeira vez a realização da PROCISSÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO.
1311
O Papa João XXII ordenou aos fiéis que fosse feita a oração a Maria (Ave Maria).
1317
Carlos V reforçou a PROIBIÇÃO DA LEITURA DA BÍBLIA PARA AMBOS OS SEXOS.
1369
O CÁLICE PROIBIDO AO POVO na comunhão, pelo Concílio de Constança.
1414
PURGATÓRIO como dogma pelo Concílio de Florença.
1439
OS SETE SACRAMENTOS confirmados como doutrina.
1439
A AVE MARIA (Parte da metade final foi completada 50 anos mais tarde e aprovada pelo papa Sixto V no final do século 16.)
1508
VENDA DE INDULGÊNCIAS“Em 31 de março, o papa Leão X autorizou a venda de indulgências pelas quais a pessoa seria livre de passar pelo purgatório. Tetzel vendia indulgências para pagar pecados passados, presentes e futuros e arrecadava uma grande fortuna.” A Igreja Católica na Profecia, 269
1515
A ORDEM DOS JESUÍTAS (fundada por Loyola).
1534
A TRADIÇÃO DECLARADA DE AUTORIDADE IGUAL A DA BÍBLIA pelo Concílio de Trento.
1545
LIVROS APÓCRIFOS acrescentados à Bíblia pelo Concílio de Trento.
1546
OS SETE SACRAMENTOS FORAM TRANSFORMADOS EM LEI
1547
O CREDO DO PAPA PIO IV (imposto como o credo oficial).
1560
A MISSA FOI CONSIDERADA PROPICIATÓRIA, com poderes para perdoar pecados e confirma-se o CULTO AOS SANTOS.
1562
CANONIZAÇÃO DE SANTOS (estabeleceu-se o modo de proceder a canonização).
1634
A IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM MARIA (Proclamada pelo papa Pio IX, na sua bula Ineffabilis Deus, em 8 de dezembro.) “Este dogma sustentava que Maria, assim como Cristo, foi concebida sem pecado no seio de sua mãe Joquebede e, por essa razão, Maria esteve livre do pecado original.” A Igreja Católica na Profecia, 270.
1854
SUMÁRIO DOS ERROS (Proclamado pelo papa Pio IX e ratificado pelo Concílio do Vaticano; condenou a liberdade de religião, de consciência, de expressão, de imprensa e das descobertas científicas, que eram desaprovadas pela Igreja Romana; assegurou ao papa autoridade temporal sobre todos os governadores civis.)
1864
INFABILIDADE DO PAPA EM QUESTÕES DE FÉ E MORAL (proclamada pelo Concílio do Vaticano). “O papa nunca erra quando está no exercício de sua função.” A Igreja Católica na Profecia, 270.
1870
ESCOLAS PÚBLICAS CONDENADAS pelo papa Pio XI.
1930
ASSUNÇÃO DA VIRGEM MARIA – “O dogma da Assunção de Maria é a crença de que ela foi transportada para o Céu sem ver a morte.” (proclamada pelo papa Pio XII) A Igreja Católica na Profecia, 270.
1950
MARIA, PROCLAMADA MÃE DA IGREJA (pelo papa Pio XII)
1965
“No dia 5 de outubro de 1993, o papa João Paulo II emitiu uma encíclica intitulada “Veritatis Splendor”, que é considerada pelos intelectuais católicos como o horror dos teólogos. Nesta encíclica o PAPA AFIRMOU QUE NÃO É PERMITIDO TER DIVERGÊNCIA COM O PAPA EM MATÉRIA DE ÉTICA OU MORAL. Sendo assim, os teólogos que divergem do papa não devem ter o direito de ensinar e de publicar livros. E também que escolas e universidades e mesmo hospitais católicos devem perder este título (católico) caso apresentem divergência com a linha do Vaticano.” A Igreja Católica na Profecia, 270 e 271.
1993
“O papa João Paulo II emitiu outra encíclica intitulada “Ut unum sint” onde reafirmava a proposta do Concílio Vaticano II sobre a REUNIFICAÇÃO DAS IGREJAS DISSIDENTES e que todos os esforços devem ser feitos no sentido de que essas igrejas aceitassem a autoridade do papa como figura máxima do cristianismo.” A Igreja Católica na Profecia, 271.
1995
“O papa João Paulo II firmou a bula “Incarnationis Mysterium”. De acordo com este documento, O MEMBRO PODE OBTER A INDULGÊNCIA PLENA (perdão dos pecados) NO PERÍODO DO ANO SANTO, pela qual seus pecados são redimidos, se seguirem algumas exigências. O Ano Santo é comemorado a cada 25 anos. A celebração do Ano Santo foi instituída por Bonifácio VIII, um papa ambicioso que governou a Igreja Católica entre 1294 e 1303.” A Igreja Católica na Profecia, 271.
1998
“O papa João Paulo II contrariou a ordem bíblica exarada nos Dez Mandamentos e emitiu uma encíclica de 40 páginas intitulada “Dies Domini”, sobre A IMPORTÂNCIA DE GUARDAR O DOMINGO. Reafirmou nesse documento que o dia estabelecido por Deus é o sábado, mas que a igreja achou conveniente mudar o dia de guarda e todos devem guardar o domingo e não o sábado.A Igreja Católica na Profecia, 271 e 272.
1999
Em setembro de 2000 o papa João Paulo II emitiu um documento intitulado “Dominiun Jesus”. “Este documento enfatiza que a Igreja Católica é a única igreja verdadeira e o único instrumento de salvação.” A Igreja Católica na Profecia, 272.
2000
*Dados extraídos dos livros:
OLIVEIRA, Orlando Jerônimo de, A Igreja Católica na Profecia, Niterói, Editora ADOS Ltda., 2001.
FERRAZ, Itanel, Segue-me, Manual de Instrução Para Obreiros e Leigos, Santo André, Casa Publicadora Brasileira, 1982.
a Oliveira, Raimundo de, Seitas e Heresias, Um Sinal dos Tempos, 23ª edição, Rio de Janeiro, Casa Publicadora das Assembleias de Deus, 2002, p. 9 e 10.
b REYNOLDS, M. H., The Truth About Roman Catholicism,

< http://cnview.com/on_line_resources/the_truth_about_roman_catholics_final.htm> , 25 de junho de 2014 (Tradução Nossa)